5 Dicas para saber se um Site de Compras online é seguro e confiável
14 de fevereiro de 2019

6 Direitos do Consumidor em compras Online.

Nesta sexta-feira, dia 15 de março, o Brasil comemora o Dia do Consumidor, e o país já possui 53 milhões de compradores que priorizam a internet e suas lojas virtuais, são os chamados “e-consumidores”.
Se você é um deles, pode acreditar: se ainda não sentiu a necessidade de trocar um produto ou ficou insatisfeito por outra situação, esse dia ainda vai chegar. Por isso, é melhor estar bem informado, nós da Você Telecom pesquisamos algumas dicas para você reduzir a dor de cabeça com as compras online.

Direito 1 – Tenha o nome empresarial em mãos.

Verifique se a loja virtual informa de maneira bem visível o nome empresarial, inscrição no CNPJ e endereço físico. As lojas são obrigadas pelo Código de Defesa do Consumidor a fazer isso.

Direito 2 – É direito seu saber tudo sobre o produto.

A loja precisa informar características essenciais do produto, incluindo possíveis riscos à saúde e faixa etária para uso da mercadoria que está sendo comprada.

Direito 3 – O preço do produto precisa estar evidente!

O consumidor tem o direito a informações claras sobre preço, custo do frete ou se existe cobrança de seguro, além do prazo de entrega.

Direito 4 – Lembre-se do Contrato.

O cliente precisa receber o contrato de compra no momento em que fizer o pedido. O contrato precisa estar disponível para consulta a qualquer instante.

Direito 5 – Sua dúvida é seu direito!

Sempre que precisar, o consumidor tem o direito de fazer questionamentos a respeito do produto. A resposta precisa ser dada em, no máximo, cinco dias.

Direito 6 – Se se arrepender, pode devolver!

A lei reforça o direito do arrependimento, onde o consumidor tem o direito à troca, desde que informe isso no prazo de 7 dias a partir do recebimento do produto.

Agora confira 3 Dicas para você não se perder no processo de compra online.

Dica 1 – Saiba de quem você compra.

Conhecer o vendedor também é essencial. É importante fazer uma pesquisa sobre ele, verificando histórico e comentários de clientes que já tenham sido atendidos por ele. Alguns sites usam métodos de classificação como estrelas e outros símbolos define a credibilidade ou não do vendedor.

Dica 2 – Cuidado com os dados pessoais!

Seja cauteloso na hora de repassar determinados dados pessoais para o vendedor, como senhas de cartão e códigos de segurança. Passe somente as informações que você considerar que são essenciais para o fechamento da compra.

Dica 3 – Cartões de Crédito

Prefira comprar com cartões de crédito. Isso reduz o risco de prejuízos com fraudes, e as seguradoras ajudam em casos de estorno. A compra assim é muito mais segura do que nas compras com boleto, onde o cliente fica totalmente dependente do que for resolver o vendedor.

Existem outros direitos e dicas importantes, mas, ao seguir esses passos, você já terá reduzindo em muito a possibilidade de uma baita dor de cabeça.

Compartilhe